O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (10) e contou com a presença do governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD), o sócio-proprietário e fundador Ibar Vilela e o diretor administrativo Roberto Almeida, além de autoridades e colaboradores. A planta Minerva, que pertence à companhia Minerva Foods, esteve fechado por dois anos, devido à concentração de mercado no estado, e há pouco mais de três meses retomou as atividades.

A companhia Minerva, atualmente, é a segunda maior exportadora de carne e a maior exportadora de gado vivo do Brasil, com um crescimento médio de 39% ao ano desde 2001. No Brasil, a planta frigorífica abate cerca de 10.000 cabeças de bois/dia, sendo que 70% são exportados e 30% comercializados no mercado interno.

Leia também:  Debate para aplicação de quase 1 bilhão do orçamento municipal de 2018 começa nesta terça

Em 2015, quando a planta frigorífica foi desativada em Mirassol D’Oeste, cerca de 1.000 colaboradores foram demitidos. A situação do frigorífico tornou-se objeto de análise na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Frigoríficos, tendo a primeira reunião especial realizada no município.

“Todos têm conhecimento que em Mato Grosso o grupo JBS instalou o caos no segmento com a concentração de mercado. Como presidente da CPI, posso afirmar que a atuação e o comprometimento dos membros da comissão foram determinantes para o sucesso dos trabalhos, e hoje, somente em Mato Grosso, aproximadamente sete plantas já retomaram as atividades, a exemplo da planta Minerva”, lembrou deputado Nininho.

Atualmente, a companhia emprega exatamente 890 colaboradores de maneira direta, o número de abate chega a 1.000 bois/dia. Para o fundador da empresa, Ibar Vilela, ver a planta em atividade é a conquista de um projeto desafiador. Segundo ele, as dificuldades do mercado brasileiro às vezes impedem o desenvolvimento, mas ele disse ainda acreditar que existe oportunidade para bons negócios.

Leia também:  Sindicato Rural "sente pressão" e apresenta trabalho social a vereadores

“Estou muito feliz com essa reinauguração, e poder compartilhar deste momento com nossos colaboradores, com a presença do governador Carlos Fávaro e com o deputado Nininho, que muito contribuíram para o retorno das atividades desta planta, além dos pecuaristas que acreditam em nosso trabalho e fornecem animais de qualidade, de fato é um momento de celebração. Durante dois anos, paralisamos as atividades devido à pressão do mercado, mas graças ao esforço do grupo e das autoridades estamos de volta”, comemorou Ibar Vilela.

Também participaram do evento, o assessor do Ministério de Ciências e Tecnologia José Augusto Curvo (PSD), Tampinha, secretário de Estado de Ciências e Tecnologia, Domingos Sávio (PSD), e o presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Lair Mota (PSD).

Leia também:  Vereador Thiago Silva propõe criação de Programa de Educação Financeira
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.