Os moradores do bairro Tancredo Neves em Rondonópolis estão cansados da situação do campinho de futebol do local. A população reclama do mato alto, falta de segurança, do acumulo de lixo entre outras situações. No local acontece as partidas de futebol todo fim de tarde, só que dessa vez não será possível realizar o tradicional torneio  que ocorre sempre no dia 1º de janeiro de cada ano.

Campo de futebol do Bairro Tancredo Neves - Foto: Varlei Cordova/AGORAMT
Campo de futebol do Bairro Tancredo Neves – Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Sabendo que de certa forma o campinho está esquecido pelo poder público, o morador Fred Luan, que nasceu e cresceu no bairro, procurou a reportagem do site Agora Mato Grosso e realizou uma denúncia que há mais de dois meses, os moradores entram em contato com a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), que diz que irá até a região realizar o serviço de limpeza, mas até hoje não compareceu no local.

“A gente entra em contato pedindo que a limpeza do campinho seja feita e eles (Coder) dizem que vão agendar, ou, quando der um tempinho e nunca aparecem aqui”, ressalta o morador.

Luan disse que já teve época onde os moradores se juntaram para fazer uma “vaquinha” e alugaram os equipamentos e que os próprios moradores, fizeram o serviço de limpeza do matagal.

“Uma época a gente juntou toda a gurizada que joga bola no bairro, fizemos uma vaquinha, alugamos os equipamentos, podamos o matagal e tiramos os lixos que estava se acumulando no campinho.” explicou Luan.

OUTRO LADO

A reportagem realizou contato via telefone com a Coder e até o fechamento dessa matéria não obtivemos respostas sobre a limpeza do campinho de futebol.

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.