Imagem: pitanga acerola
Pitanga e acerola ajudam a afastar o câncer e outras doenças (Foto: Tomás Arthuzzi//Compare acerola e pitanga/SAÚDE é Vital)

Antes de tudo, cabe ressaltar que a acerola é a fruta à esquerda da imagem, enquanto a pitanga está à sua direita. À medida que passamos os olhos pela tabela nutricional abaixo, fica claro que elas têm bastante coisa em comum. Até chegarmos à vitamina C, crucial para a renovação celular e o fortalecimento do sistema imune. “A acerola é uma das frutas com maior teor desse nutriente”, conta a nutricionista Marina Pioltine, da capital paulista.

Prova disso é que duas unidades já são suficientes para suprir a quantidade diária recomendada da supervitamina – ou seja, 90 miligramas para homens e 75 miligramas para mulheres. Também não precisa virar a cara para a pitanga. “Ela possui baixo teor calórico e fornece vitaminas e minerais”, aponta Marina.

Leia também:  Dicas para compor o lanche escolar das crianças

A nutricionista ainda lembra que o alimento carrega licopeno, substância que defende a pele e é associada à redução do risco de câncer de próstata. No dia a dia, ambas as frutinhas podem ser utilizadas em sucos, sobremesas e molhos. “E dá para aproveitar as folhas da pitanga em chás“, sugere Marina. Vamos ao embate?

Energia

Acerola: 33 cal

Pitanga: 41 cal

Proteínas

Acerola: 0,9 g

Pitanga: 0,9 g

Carboidratos

Acerola: 8 g

Pitanga: 10,2 g

Fibras

Pitanga: 3,2 g

Acerola: 1,5 g

Potássio

Acerola: 165 mg

Pitanga: 113 mg

Vitamina C

Acerola: 941 mg

Pitanga: 24,9 mg

Placar SAÚDE

Acerola 5 x 2 Pitanga 2

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.