Produtos avariados, estragados ou com data de validade vencida expostos nas prateleiras de supermercados configuram prática criminosa. Para coibir situações como essas, o Procon de Rondonópolis realiza a operação ‘Flagra de Natal’.

Logo na 1ª vistoria, feita em um atacadista da cidade, foram identificadas 116 mercadorias com prazo de validade vencido e, ainda, 21 com embalagens amassadas. De imediato, o Procon fez o recolhimento.

“Nesses casos, lavramos o auto de infração na hora para impedir que esses itens possam ser vendidos ou aproveitados de alguma forma. Afinal, alimentos estragados colocam em risco a vida do consumidor. Por isso, retiramos de circulação os produtos, que são descartados. Simultaneamente, elaboramos o relatório e, posteriormente, aplicamos a multa”, elucida a coordenadora do Procon de Rondonópolis, Marildes Ferreira. Entre os itens vencidos estavam leite em pó, farofas, misturas para bolos, doces, ervas para tereré, arroz, bacon, carne bovina e congelados de peixes”.

Marildes salienta que a participação do consumidor na fiscalização é fundamental: “Nosso trabalho só será bem sucedido se tivermos o cidadão como nosso aliado. Ele pode nos ajudar olhando datas e verificando o estado de conservação dos produtos e, quando encontrar mercadorias em desacordo com os padrões estabelecidos, denunciar para que possamos combater esses delitos”.

A ‘Flagra de Natal’ começou dia 11 e segue até o dia 24 de dezembro. As denúncias podem ser anônimas e devem ser feitas pelo telefone 3411-5295 ou 3411-5297.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.