Imagem: Lula
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O governador do estado do Rio de Janeiro recebeu uma visita do integrante da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile.

João bateu à porta de Pezão para pedir uma ajudinha em favor de Lula, com quem o governador fluminense mantém uma ótima relação.

Stédile solicitou as chaves do Maracanã para que os principais movimentos sociais do país realizassem uma manifestação em junho ou julho.

Pezão alertou o interlocutor desinformado que o estádio saiu do ‘guarda-chuva’ do estado para as mãos de um grupo que é parceiro de Lula há anos, a Odebrecht.

Leia também:  Wilson acredita que mesmo com delação deputados serão reeleitos

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.