Luzinete e o marido, Adolfo Henrique Rohde - Foto: Facebook/Reprodução
Luzinete e o marido, Adolfo Henrique Rohde – Foto: Facebook/Reprodução

O marido de Luzinete Soares de Oliveira, de 48 anos, que foi assassinada no dia 28 do mês passado, em Sinop, a 503 km de Cuiabá, foi preso nessa segunda-feira (12). Adolfo Henrique Rohde, de 39 anos, já estava com a prisão decretada, conforme a Polícia Civil.

Luzinete foi morta a facadas dentro de casa, no Bairro Vila Mariana, durante uma discussão, segundo a polícia.

No dia seguinte ao crime, o delegado Carlos Eduardo Muniz dos Santos, que investiga o caso, pediu a prisão do suspeito e dias depois a Justiça expediu o mandado de prisão.

De acordo com a polícia, o assassinato foi presenciado pela filha do casal, de 15 anos, e a mãe de Luzinete. À polícia, elas relataram que o casal iniciou uma discussão. Durante a briga, o suspeito pegou uma faca e passou a esfaquear a mãe com diversos golpes.

Leia também:  Unemat divulga 2ª chamada do Vestibular

O suspeito também se feriu e passou dois dias internado.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional de Sinop, onde morreu.

Luzinete Soares de Oliveira foi morta a facadas - Foto: Facebook/Reprodução
Luzinete Soares de Oliveira foi morta a facadas – Foto: Facebook/Reprodução

O preso foi encaminhado para audiência de custódia e, em seguida, levado à Penitenciária Florentino Leite Ferreira, mais conhecido como presídio Ferrugem.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.