Como se não tivessem nada mais importante para debater, alguns parlamentares federais resolveram inserir ‘Lula’ em seus nomes de guerra como forma de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que foi preso na semana passada. Esse movimento está sendo encabeçado pela bancada do PT.

Entre os parlamentares que já solicitaram a incorporação são Wadih Damous (RJ), Patrus Ananias (MG), Luizianne Lins (CE), Enio Verri (PR), Marcon (RS) e Assis Carvalho (PI).

Só que não bastasse isso, os que são contra o ex-presidente também estão fazendo o mesmo pedido da troca de nome só que para ser inserido o ‘Moro’ alusivo ao juíz federal Sérgio Moro que foi quem expediu o mandado de prisão contra Lula. Um dos primeiros a encabeçar o movimento no Senado, foi José Medeiros (PODE).

Leia também:  Ao receber cobrança, governador diz que será chamado de 'Pedro Mototáxi'

Imagem: senador José Medeiros 1A incorporação precisa do aval das Mesas Diretoras do Senado e da Câmara Federal e está gerando polêmica no Congresso Nacional.

Só que de posse dessas informações fica a pergunta. Em que isso vai mudar a vida dos brasileiros? Antes os parlamentares se engajassem dessa forma em causas importantes que fazem a diferença na vida do cidadão e não perdessem tempo em uma coisa tão inútil como essa.

É realmente “PARALAMENTAR”!

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.