Imagem: 1
Levantamento mapeou pontos vulneráveis em todo o país (Foto: Reprodução)

Em Mato Grosso, 106 pontos vulneráveis à exploração sexual infantil em rodovias federais foram identificados após um mapeamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com o Instituto Childhood Brasil. O levantamento leva em consideração o biênio 2017/2018.

De acordo com o mapeamento, os possíveis pontos usados para a prática são: posto de combustível, bares, casas de show, pontos de alimentação e de hospedagem.

Ao todo, no Brasil foram identificados 2.487 desses locais nas rodovias federais.

Desse total, 489 foram considerados pontos críticos. Mato Grosso é o oitavo estado com o maior número de pontos que se encaixam nessa categoria.

No Centro-Oeste, Goiás (185 locais) lidera o ranking. Mato Grosso aparece em segundo, seguido de Mato Grosso do Sul (93) e o Distrito Federal (12).

Leia também:  Prédio do Procon é interditado em Cuiabá
Imagem: Mapear
Mato Grosso está em 8º lugar – Foto: Mapear

Nessa edição do mapeamento, de acordo com a PRF, o estudo atualizou os pontos levantados no biênio 2013/2014. Para o trabalho um aplicativo para celular chamado de MAPEAR foi utilizado. A inserção dos locais foi feita pelos próprios policiais da PRF.

A ferramenta é de uso restrito pela complexidade das informações e o sigilo profissional envolvidas na inserção e análise dos dados coletados.

O que é um ponto vulnerável?

A Cartilha Mapear reúne dados de locais potencialmente perigosos para crianças e adolescentes nas rodovias a partir de critérios que representam o grau de periculosidade do local, como prostituição e pouso noturno de caminhoneiros.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.