Modelo MP4 8 da temporada 1993 deve custar pelo menos 5 milhões de euros - Pascal Rondeau/Allsport/Getty Images
Modelo MP4 8 da temporada 1993 deve custar pelo menos 5 milhões de euros – Pascal Rondeau/Allsport/Getty Images

Uma McLaren modelo MP4/8, utilizada por Ayrton Senna na temporada de 1993 da Fórmula 1, será leiloada nesta sexta-feira em Mônaco. O carro foi justamente o utilizado pelo tricampeão mundial em sua vitória naquele ano em Monte Carlo.

Segundo a Bonhams Monaco, casa responsável pelo leilão, a expectativa é alcançar um pagamento de 5 milhões de euros (mais de R$ 21 milhões) pelo carro. Depois daquela prova, Senna voltaria a vencer apenas as corridas no Japão e na Austrália que fecharam o ano.

“Ayrton Senna foi o mais carismático piloto de Fórmula 1 da era moderna”, diz Mark Osborne, diretor do departamento de automobilismo da Bonhams, em declarações publicadas pelo jornal britânico The Telegraph. “Este é um carro verdadeiramente especial. Ele conecta Senna e Mônaco, e seu sucesso na Fórmula 1 é único, fazendo deste um dos carros da categoria mais empolgantes já leiloados”, completa.

Leia também:  Número de mortos por terremoto na Indonésia sobe para 436

O carro faz parte de um lote de carros de corrida leiloados pela Bonhams chamado “Les Grandes Marques à Monaco”. Entre os organizadores, a expectativa é de maior interesse pelo carro do brasileiro.

“Qualquer carro do lendário Ayrton Senna é de imenso significado para o mundo do automobilismo, mas esta é uma questão totalmente diferente. Não apenas é um carro que venceu uma corrida, mas também é o carro que quebrou o recorde de vitórias em Mônaco”, destaca Poppy McKenzie Smith, assessoria de comunicação do departamento de automobilismo da Bonhams.

A vitória em 1993 foi a sexta de Senna em Mônaco, onde também já havia vencido em 1987, 1989, 1990, 1991 e 1992. Antes dele, o recorde de vitórias no principado era do britânico Graham Hill, que venceu em 1963, 1964, 1965, 1968 e 1969.

Leia também:  Chanceler do Equador é eleita nova presidente da ONU

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.