Investigado por ameaçar a ex-companheira, e descumprir medida protetiva de afastamento da vítima, um homem de 27 anos foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Nova Mutum, na tarde de segunda-feira (14).

O suspeito Edmilson dos Santos Nogueira foi denunciado pela ex-convivente de 35 anos, com quem possui duas filhas, relatando descumprimento de medida protetiva requerida anteriormente por ela em desfavor do suspeito.

Na ocasião, Edmilson teria pulado o muro da casa da vítima e levado uma das filhas com ele, contra a vontade da mãe.

Ao ser noticiada do fato, a Polícia Judiciária Civil efetuou diligências e prendeu o suspeito em sua residência, no bairro Jardim Imperial, por volta das 18h. A menor foi entregue à mãe.

Leia também:  Juiz aceita denúncia | Percival e mais sete viram réus por esquema de R$ 12 milhões

A vítima declarou que as ameaças são constantes e que já perdeu dois empregos por conta da perseguição do ex-companheiro, razão pela qual teria decidido mudar do município com as filhas, o que teria incitado maior ira do suspeito. Ela declarou ainda temer pela própria vida e de suas filhas em razão do investigado ser bastante agressivo.

O suspeito foi enquadrado no crime de “desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito”. Ele estava em regime aberto, decorrente de ação penal sobre homicídio.

Edmilson foi encaminhado para unidade prisional, após ser apresentado em audiência de custódia.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.