Imagem: eduardo-zeferino
Eduardo Zeferino | Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Dom Aquino, Eduardo Zeferino (PR), 63 anos, se entregou na noite desta terça-feira (12), na 1ª Delegacia de Polícia (1ªDP) em Rondonópolis. Zeferino, foi condenado a cumprir 28 anos e seis meses de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. Eduardo passou a noite e a manhã desta quarta-feira (13), na cadeia e deve ser encaminhado até a da Penitenciária Major Eldo de Sá, a Mata Grande, por volta das 13h30.

Ele compareceu na Delegacia junto com seu advogado Tales de Passos Almeida, a fim de cumprir um mandado de prisão preventiva decretado pela Vara Única da Comarca de Dom Aquino.

Zeferino foi condenado por estupro de vulnerável contra crianças de 7 a 12 anos. As vítimas seriam filhos de pessoas próximas do acusado, conhecidos, amigos e parentes de Zeferino.  A mãe de uma das crianças realizou a denúncia na Promotoria da Infância e Juventude, em Cuiabá.

Leia também:  Sachetti encosta no 1° pelotão e projeta crescer mais e vencer

O processo, que tramita em segredo de Justiça, de acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), tiveram investigações em julho de 2011, segundo relatos das mães de uma das vítimas. Os crimes teriam acontecido quando Zeferino não era gestor da cidade, mas os casos vieram à tona quando ele foi eleito prefeito de Dom Aquino.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.