Imagem: Aeroporto Maestro Marinho Franco
Aeroporto Maestro Marinho Franco – Foto: Varlei Cordova/AGORA MATO GROSSO

A audiência pública que deve determinar a concessão de cinco aeroportos de Mato Grosso à iniciativa privada por pelo menos 30 anos deve acontecer neste mês, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O governo informou que devem ser terceirizados os terminais de Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Sinop e o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, o maior do estado que fica localizado em Várzea Grande.

Mato Grosso será o único estado brasileiro a ter um bloco de aeroportos para concessão. A previsão é que os cinco aeroportos sejam leiloados até o final deste ano, e recebam investimentos de cerca de R$ 800 milhões.

A etapa de audiência pública, com o objetivo de coletar sugestões sobre as minutas de edital e de contrato de concessão da nova rodada, terá um período de 45 dias e a Anac não informou uma data para a realização do leilão.

Ao todo, quatro reuniões devem ser realizadas na quinta rodada de concessão de terminais das regiões Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

O governo ainda afirmou que a rodada de concessão não haverá participação da Infraero.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.