Um casal foi preso na manhã desta quinta-feira (14) pela Polícia Civil de Sorriso acusados de tentarem matar uma criança de 12 anos enforcada com um fio de ventilador. O caso aconteceu em agosto de 2017, mas a menina só voltou a falar novamente no mês passado devido à gravidade das lesões.

Segundo a investigação, na época os pais haviam falado que a menina teria tentado se suicidar, porém as suspeitas começaram a aparecer quando os policiais notaram, através de uma câmera de videomonitoramento, que os suspeitos demoraram mais de duas horas para acionarem os Bombeiros.

A criança foi transferida para UTI em Cuiabá e a mãe teria se negado a acompanha-la dizendo que iria se casar no dia seguinte. Em outro momento, ainda internada, a menor teria ‘caído’ da cama enquanto estava acompanhada da mãe.

Em uma casa de apoio para menores e com o auxílio de psicólogos, a menina já com 13 anos voltou a falar e contou que era frequentemente espancada e obrigada a fazer todo o serviço doméstico e que no dia do fato havia mexido em uma caixa de DVD’s do padrasto e por conta disso apanhou e foi enforcada com o fio do ventilador. A mãe estaria na sala acompanhando tudo e cantando enquanto a menina era enforcada.

A mulher, que é professora, foi presa ao chegar na escola e o padrasto quando saia de casa.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.