A 3ª estimativa do Valor Interno Bruto para o mês de junho das principais culturas
mato-grossenses registrou aumento de 5,4% perante a estimativa anterior, totalizando em números R$ 67,40 bilhões. As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Nesta avaliação, o VBP da agricultura e floresta teve um “peso” maior para este avanço, revelando aumento de 8,3% em relação à previsão passada. Todas as culturas avaliadas no VBP da agricultura e floresta tiveram variações positivas, isto em virtude de as previsões
de produção para a safra 2017/18 estarem mais otimistas.

Além disso, os economista explicam que os melhores preços praticados nos últimos meses nas culturas da soja, milho e algodão também foram fatores para esse crescimento. Já no VBP da pecuária, a nova estimava revelou uma queda de 4,2%, pois o menor abate de bovinos no mês de maio, em virtude da greve dos caminhoneiros, acabou impactando
em previsões estatísticas mais conservadoras.

No entanto, este cenário poderá ser revertido, devido à possibilidade de os animais
que não foram abatidos em maio/18 serem realocados nos próximos meses.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.