Os Agentes Penitenciários de todo o Estado estão em protesto desde o início dessa quarta-feira (11). A paralisação foi decidida em Assembleia no último dia 5 e durará 48h.

Entre as reivindicações estão o pedido de cálculo e atualização do adicional de insalubridade e a convocação dos aprovados no cadastro reserva do concurso público. De acordo com a Diretora Regional da subsede do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT) de Rondonópolis, Jacilene Freitas, o último efetivo convocado para atuar no Sistema foi em 2010 e desde então a categoria vem reivindicando melhorias.

Ela afirmou ainda que em Rondonópolis o déficit é muito grande, o número de presos sempre aumenta e que a Mata Grande já está acima da capacidade e que isso tem preocupado e colocado em risco a vida dos servidores. Outra preocupação da diretora é que o Governador sequer sinalizou a convocação de agentes para os municípios e que a transferência de presos de uma cadeia para outra não melhora em nada a Segurança.

Leia também:  Advogado e candidato, Carlos Naves é detido pela PM

Após as 48h haverá uma nova assembleia para que os servidores decidam o que será feito.

O Governador, por outro lado, afirma que ainda não convocou os aprovados por conta da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.