- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
Pré-candidato a deputado Federal Rafael Ranalli – Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

O policial federal, Rafael Ranalli, que disputa uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo Partido Republicano da Ordem Social (Pros) já começou as visitas as cidades do Estado.

Ele que mora em Cuiabá há 35 anos, vem para disputa com ideais de direita conservadora e com apoio declarado ao polêmico presidenciável Bolsonaro “ Não sou político, e nem quero fazer da política uma carreira, mas acho que o Brasil precisa de pessoas que façam a diferença” afirmou.

Ranalli era do Partido Social Liberal (PSL), o mesmo de Bolsonaro, mas segundo ele acabou mudando para o Pros por conta de algumas divergências de ideias. Ele salientou que mesmo mudando de Partido irá continuar apoiando os candidatos que acha merecedores, como a juíza Selma Arruda (PSL) “Fechei com o PSL, mas deixei bem claro que continuaria apoiando os políticos que acho que irão fazer a diferença. O Pros nacional irá apoiar o PT na majoritária, mas nunca apoiaria o Lula, o lugar dele é na cadeia”.

Leia também:  Efraim manda prender Jesus

“Tenho ideias para contemplar a área da saúde e da logística em nosso Estado. Temos muitos problemas com as estradas em péssimas qualidades e uma saúde que atende mal. Não tenho problema em defender minhas idéias, sou contra o aborto, contra a legalização das drogas e a favor das escolas militares” finalizou.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.