Imagem: assedio sexual
Foto: reprodução

Bom dia, boa tarde, boa noite, boa madrugada para vocês, povo da cidade mais pujante do Brasil, e uma das regiões mais ricas desse nosso país.

Tenho notado uma presença mais forte dos nordestinos como vendedores no nosso comércio, sejam bem-vindos, gosto demais do sotaque de vocês, são inteligentes, pensam rápido e compreendem que são vendedores, e não tiradores de pedido, vocês só têm a acrescentar a nossa região.

Fiz uma palestra na IFMT, e apesar de o tema não ser esse acabou transparecendo nas garotas ao me fazer perguntas, um medo da agressão masculina, e do estupro, e do assédio, que me preocupou.

Esse medo normal na mulher pode estar sendo amplificado de maneira, um tanto quanto desproporcional à realidade, na UFMT mesmo, outro órgão federal, é comum as garotas ouvirem que todo homem, é um estuprador em potencial, que apesar de ter sua viabilidade biológica, destoa demais da realidade social, e ao meu ver possivelmente vai comprometer o relacionamento delas com o outro sexo.

Uma coisa que tem que ficar claro, é que o homem é o sexo frágil, a única coisa que o homem tem que é superior a mulher, é força física, normalmente o homem tem a auto estima ligado a aceitação feminina, o status ligado a aceitação feminina, o bem-estar ligado a aceitação feminina, a vida do homem gira basicamente em torno da aceitação feminina.

Leia também:  Carro da Saúde é pichado em Alto Araguaia

Com esse tipo de educação que está sendo colocado por parte de uma minoria ruidosa, com uma agenda de esquerda burra, nossas jovens e nossos jovens podem estar sendo levadas a erro. (Sim existe uma esquerda muito inteligente, mas como tem que estudar muito quase não a vimos.)

Tentarei dizer para os senhores, o que é o tal do assédio, porque vejo que muitos homens estão abandonando o flerte e a paquera com medo de ser considerados assediadores, e uma denúncia como essa pode realmente pode destruir a carreira de alguém.

Primeiro sobre o aspecto biológico, o macho corteja a fêmea, isso é o básico que devemos nos lembrar, não que a fêmea não corteja o macho, mas normalmente é enviando sinais de aceitação e não dizendo “te quero, agora gostosão”, para o homem isso seria sonho.

Agora sobre o aspecto jurídico, não precisa ter medo de oferecer carona, não precisa ter medo de tocar no braço da menina, não precisa ter medo de tentar o beijo, não precisa ter medo de fazer o elogio, e não precisa ter medo de convidar para sair pela 10ª vez.

Leia também:  A caminho da escola, crianças tem celulares roubados por criminoso

Mas então o que caracteriza o assédio?

A principal característica do assédio e a que o juiz vai levar em conta para destruir sua vida é a coerção, ou seja, se você tinha algum poder sobre ela e por causa disso tentou pressioná-la a fazer sexo contigo.

Então em um ambiente de trabalho, se você tem mando sobre uma pessoa, tem que tomar muito, mas muito cuidado mesmo, porque aí sim, o assédio pode ser caracterizado, no meu caso por exemplo, meu escritório é o que melhor paga estagiários em Rondonópolis, todas as minhas estagiárias tinham uma coincidência, eram lindas, (coincidência mesmo, porque todas  passaram em um teste severo), as vezes recebo fotos sensuais de candidatas, uma de biquíni com o bumbum escultural acabou me chamando a atenção, essa ai nem entrevistei, estava na cara que poderia destruir minha carreira.

O assédio tem a ver com o ambiente, com a relação de subordinação entre você e sua paquera, tem a ver com você nunca usar sua posição hierárquica para tentar convencê-la de que se relacionar com você faria a carreira deslanchar, tem a ver com não constrangê-la porque você é o patrão o gerente, ou tem algum poder sobre ela, isso é assédio.

Leia também:  Igreja promove Arraiá aberto para a comunidade

Agora cuidado, as mulheres estão arredias e fragilizadas, muitas delas também já perceberam a demonização do homem e começam a abusar disso, ano passado pagamos uma jovem aqui para não acusar um médico de estupro, não posso falar com certeza que ele era inocente, mas nunca vi uma vítima de estupro trocar a punição por R$ 15 mil reais em dinheiro.

Bom senso, ainda é fundamental, então vamos repassar rapidamente, cantada na rua não é assédio, tentar paquerar uma mulher não é assédio, convidar para sair, mesmo que repetidamente não é assédio, oferecer carona por si mesmo não é assédio, tentar o beijo quando há um contexto minimamente romântico não é assédio, já se tocam nas mãos, já se abraçam, sorriem fartamente quando estão juntos, frequentam ambientes íntimos, tudo isso autoriza a tentativa do beijo. (Se o seu primeiro contato for tentar o beijo você é um retardado, não é disso que estamos falando, você está entendo não está?)

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.