Comemorado no dia 18 e agosto, o Dia Nacional do Campo Limpo já reuniu cerca de um milhão de pessoas de todo o Brasil, desde sua primeira edição em 2005. Este ano, o tema da celebração, que, excepcionalmente, acontecerá dia 17 de agosto, será “Compartilhando Responsabilidades. Comemorando Resultados!”.

O evento oficial desta edição acontece na central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas de Rondonópolis, gerenciada pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias). A unidade abrirá suas portas para receber a comunidade do entorno, autoridades e representantes do Sistema Campo Limpo (logística reversa no campo) para compartilhar os resultados e conquistas do programa brasileiro, uma referência mundial na correta destinação do material. A data reconhece a importância do envolvimento de todos os elos da cadeia agrícola – agricultores, canais de distribuição, fabricantes e poder público – para o sucesso do Sistema, que tem o inpEV como núcleo de inteligência.

Leia também:  Há anos, moradores da Vila Canaã clamam por solução

Para João Cesar M. Rando, diretor-presidente do inpEV, “abrir as portas das centrais é uma forma de mostrar para toda a comunidade que o engajamento dos elos da cadeia produtiva do agronegócio traz resultados e conquistas que todos podem comemorar. Mais do que uma obrigação legal, a devolução das embalagens vazias de defensivos agrícolas contribui com a conservação do meio ambiente. Em 16 anos, mais de 450 mil toneladas de embalagens vazias já foram retiradas dos campos e encontraram destinação final ambientalmente adequada”.

Em todo Brasil, mais de 100 unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas presentes em 22 estados brasileiros realizarão ações especiais para a data, como o DNCL Portas Abertas, abertura da central para a visitação pública; o DNCL Solenidade, celebração com a presença de autoridades públicas; o DNCL Universitário, que promove ações voltadas para estudantes de ensino médio e universitários; o DNCL Ação com Agricultor, evento responsável pela difusão informações e soluções sustentáveis entre agricultores; e DNCL Ação Comunitária, que estimula o envolvimento da comunidade em práticas a favor do meio ambiente.

Leia também:  APOR mobiliza doações para mais um Leilão Esperança

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.