Imagem: Dias Toffoli
Foto: reprodução

O ministro Dias Toffoli substituirá o presidente Michel Temer na Presidência da República, a partir deste domingo (23). Toffoli assumiu o comando do Supremo Tribunal Federal (STF) há 12 dias e pela 1ª vez atuará no cargo de Presidente do Brasil.

O motivo da substituição é porque Temer viaja neste domingo para Nova York (EUA), quando participará da cerimônia de abertura da 73ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

Como o cargo de vice-presidente está vago, a primeira pessoa da linha sucessória no país é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e a segunda, o do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

No entanto, a legislação eleitoral impede a candidatura de ocupantes de cargos no Executivo nos seis meses que antecedem as eleições. Dessa forma, se Maia ou Eunício assumissem a Presidência, ficariam inelegíveis e não poderiam disputar as eleições de outubro.

Leia também:  Fulô chama Zé do Pátio de político mentiroso

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.