Dois maiores presos e um menor apreendido pela PM de Pedra Preta - Foto: PM - MT
Dois maiores presos e um menor apreendido pela PM de Pedra Preta – Foto: PM – MT

Um casal acabou detido depois de uma denúncia feita a Polícia, na tarde desta segunda-feira (17), que os suspeitos estariam usando um menor de idade para comercializar entorpecentes na região de Pedra Preta.

De acordo com os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO) de número: 2018.292653, a Polícia se deslocou até a residência que segunda a denúncia era usada para o comércio de entorpecentes. No local, a guarnição se deparou com o suspeito de 25 anos na frente casa, e com ele duas trouxas de maconha.

Droga dinheiro e balança de precisão apreendidos pela PM de Pedra Preta - Foto: PM - MT
Droga, dinheiro e balança de precisão apreendidos pela PM de Pedra Preta – Foto: PM – MT

Ao fazer buscas pela residência, os policiais encontraram com o menor de 16 anos, que estava dormindo em dos cômodos, três papelotes de maconha e dois pedaços de substancia análoga a maconha, os entorpecentes estavam escondidos em um buraco no colchão.

Leia também:  Justiça de Rondonópolis cancela vaquejada depois de apontar maus tratos aos animais

A mulher de 29 anos, acabou detida no quarto do casal com um vasilhame de alumínio contendo resquícios de pó branco aparentando ser cocaína. Um policial acabou encontrando dentro do colchão que ela dormia, um pedaço de 33 gramas de substancia análoga a cocaína e uma balança de precisão.

No quintal da residência da residência, foi encontrado no chão três trouxas aparentando ser cocaína. Uma caderneta com anotações de movimentação com nomes e valores foi apreendida com o casal, além de um rolo de plástico filme e uma sacola com cerca de 1 quilo e meio de ácido bórico.Uma TV de 32 polegadas e cerca de R$ 1,685 em dinheiro sem procedência comprovada, também foram apreendidos pela Polícia.

Leia também:  "Curandeiro" aplicava golpes via celular pedindo que adolescentes ficassem nuas

Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados até a Delegacia de Pedra Preta.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.