Imagem: D7390FEF 333F 48AC BCA2 3C1343F4DD8B
A droga estava escondida na cavidade vaginal das mulheres | Foto: Reprodução

Elis Cristina Rodrigues Miranda e Karla Aparecida Pereira da Silva foram presas em flagrante por agentes penitenciários neste domingo (30), ao tentar entrar com aproximadamente 350 gramas de substância análoga a maconha na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis (MT). A droga escondida dentro da cavidade vaginal das mulheres e foi descoberta durante o procedimento de revista pessoal.

Os agentes penitenciários receberam a informação de uma visitante que duas mulheres tentariam adentrar a unidade com material ilícito, com a experiência das agentes que fazem a revista, observaram que uma das visitantes apresentava nervosismo, foi indagada se teria algo de errado com ela e a visitante acabou confessando e retirando quantidade elevada de entorpecente com as próprias mãos.

Leia também:  Seis são presos e quatro apreendidos após enterro com música de apologia ao crime
Imagem: 19904C5F 8FF4 42D9 BCBB 5C5DE69B803A
Cada mulher levava a droga escondida nas partes íntimas | Foto: Reprodução

As mulheres contaram que levariam a droga para que seus maridos presos fizessem o comércio dentro do presídio. Após procedimentos, a mulher foi presa e encaminhada para a 1ª Delegacia de Polícia (1ªDP) de Rondonópolis e posteriormente para audiência de custódia no fórum de Rondonópolis.

A Mata Grande disponibiliza o número do Disque Denúncia (66) 9 9958-5837 para informações sobre ilícitos na unidade. Sigilo absoluto.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.