Imagem: Aldeia Tadarimana
Aldeia Tadarimana em Rondonópolis – Foto: AGORA MT

O Exército Brasileiro fará a segurança das Eleições 2018 nas aldeias indígenas de Mato Grosso. A pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), a autorização foi dada em decisão unanime do Tribunal Superior Eleitoral nesta terça-feira (25). Nos pleitos anteriores, a segurança nestes locais foi feita pela Polícia Federal.

Ao todo, serão 39 locais de votação que terão a segurança do Exército, onde 2,3 mil indígenas deverão votar. As aldeias estão localizadas nos municípios de Nobres, Barra do Garças, General Carneiro, Barra do bugres, São Feliz do Araguaia, Santa Terezinha, Porto Espiridião, tangará da Serra, Campinápolis, Juara, Confresa, São José do Xingu, Peixoto de Azevedo, Juína, Feliz Natal, Santo Antônio do Leverger, Rondonópolis, Poxoréu, bom Jesus do Araguaia, Brasnorte, Gaúcha do norte, Paranatinga, Campo Novo do Parecis, Comodoro, Rondolândia e nova Nazaré.

Leia também:  Eletricista que matou estudante no Paraguai é preso na casa do irmão

Além das aldeias, o Exército fará a segurança nos municípios de Nova Nazaré, e Bom Jesus do Araguaia, onde a maioria da população é indígena. Em vários locais de votação, o acesso somente poderá ser feito por via aérea ou fluvial.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.