A declaração da ex-juíza Selma Arruda, candidata ao Senado pelo Partido Social Liberal (PSL) gravada em vídeo, está causando alvoroço entre servidores do Judiciário.

No vídeo, a candidata, critica o comportamento de servidores da Justiça, onde trabalhou por 22 anos, “Eu vi isso a vida inteira”, lembrou ela ao criticar a ineficiência e falta de compromisso do servidor.

“O funcionalismo público em geral é muito numeroso e muito ineficiente.  A pessoa chega. O expediente começa ao meio-dia, uma hora mais ou menos. Aí liga o computador, vai lixar a unha enquanto o computador está ligando. Aí a hora em que você liga, você vai na internet, vai ver todos os sites, vai ver seu horóscopo, baixar os e-mails”, apontou a candidata.

Leia também:  Deputado Federal “inventa” beiradinha na verba do Pronto Socorro cuiabano

No vídeo o depoimento vai além, “Lá pelas 2h30 da tarde mais ou menos você começa a trabalhar. Mas às 3h já é hora do lanche. Então você tem que, né, dar uma saidinha para lanchar. Depois volta lá por 3h30, quase 4h porque encontrou uma outra colega no corredor também. E aí, [das] 4h você trabalha até, vamos supor, umas 5 ou 6 e já fica dando a partida para sair… Eu vi isso a vida inteira”.

O vídeo corre em todos os grupos de WhatsApp da capital e interior e já pode mudar os destinos da eleição de Selma Arruda, que prometeu não se candidatar mais caso não se eleja.

Leia também:  Haddad é oficializado como vice de Lula

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.