Imagem: prenda me se for capaz 1
Delegada mostra a camiseta que os indivíduos usavam – Foto: pedro Couto / AGORA MATO GROSSO

As equipes do GCCO (Gerência de Combate ao Crime Organizado) prenderam hoje (26) de manhã dois homens suspeitos de terem tentado explodir o muro do Centro de Ressocialização de Cuiabá no dia vinte de agosto.

A ação foi frustrada pelos agentes penitenciários. A polícia acredita que 11 detentos iriam fugir na oportunidade, mas não conseguiram. A delegada Juliana Palhares esteve a frente do caso e ressaltou que os dois homens presos dariam auxílio aos fugitivos. “Eles levaram os carros que acabaram apreendidos. Estes carros levariam os presos depois da fuga. Um deles pertence a um dos presos e o outro foi roubado momentos antes da tentativa de explosão do muro”, disse a delegada.

Leia também:  Termina hoje o prazo para pedir a 2ª via do título de eleitor fora do domicílio eleitoral
Imagem: suspeito
Um dos suspeitos presos – Foto: Pedro Couto / AGORA MATO GROSSO

Explosivos foram encontrados na casa de um dos suspeitos em Cuiabá, além de uma camiseta semelhante ao uniforme da Polícia Civil com a seguinte frase nas costas: “Prenda-me se for capaz”.

Os dois suspeitos negam ter participado da tentativa de explosão, mas para a delegada os indícios são fortes. “Estamos ouvindo também os presos que iriam fugir, eles já foram transferidos e uma liderança identificada”, concluiu a delegada.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.