Dang Thi Ngoc Thinh, presidente do Vietnã - Foto: Reprodução/Governo do Vietnã
Dang Thi Ngoc Thinh, presidente do Vietnã – Foto: Reprodução/Governo do Vietnã

A Assembleia Nacional do Vietnã nomeou Danh Thi Ngoc Thinh presidente provisória da República Socialista, após a morte na sexta-feira (21) em Hanói do anterior chefe de Estado, Tran Dai Quang, segundo um comunicado oficial.

Thinh, até o momento vice-presidente do país, se tornou a primeira mulher vietnamita a chegar à chefia de Estado, embora seja de forma interina, pois se espera que a Assembleia Nacional eleja um novo presidente em sua sessão plenária de outubro ou em, no mais tardar, maio de 2019.

A nova governante, de 59 anos, ocupou a vice-presidência desde abril de 2016 depois de ter se destacado como vice-presidente da União das Mulheres Vietnamitas, associação muito influente no Vietnã, e como secretária-geral do Partido Comunista na província de Vinh Long, no sul do país.

Leia também:  Uma criança e mais nove morrem em atentado nas Filipinas

Thinh assume seu novo cargo, com funções representativas e pouco poder executivo, enquanto o regime comunista prepara o funeral de Estado de Quang para os dias 26 e 27, declarados de luto nacional.

Na quarta-feira os vietnamitas poderão se despedir de Quang na Casa Funerária Nacional de Hanói antes da cerimônia funerária de quinta-feira, quando será levado para sua província natal, Nin Binh, para ser enterrado.

Durante os dois dias de luto as bandeiras nacionais serão hasteadas a meio mastro nos prédios oficiais e serão proibidos todos os eventos de entretenimento público.

Quang, de 61 anos, permaneceu ativo até sua morte por causa de uma doença viral contraída há um ano e sobre a qual as autoridades não se revelaram mais detalhes.

Leia também:  Ex-miss porto-riquenha é acusada de matar seu marido milionário

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.