Pesquisa Mark de intenção de votos realizada em Rondonópolis, revelou que os rondonopolitanos estão confiando nos candidatos locais para as eleições de 2018.

Na mostra que está registrada na Justiça Eleitoral sob protocolo MT-00959/2018, Adilton Sachetti (PRB), ex-prefeito do município, tem ampla liderança na corrida pelo Senado federal, com 52,3% das intenções de voto. O segundo candidato na preferência do rondonopolitano é Jayme Campos (DEM), com 13,9%. Nos levantamentos em todo o Estado, o democrata lidera isolado. Atrás de Jayme Campos, em Rondonópolis aparecem, Mauro (Psol) tem 5,9% das intenções de voto; seguido pela ex-reitora da UFMT Maria Lucia (PCdoB), com 5,6%.

Em quinto, Selma Arruda (PSL) alcança 5,3% e Carlos Fávaro (PSD) 4,4%. O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) soma 3,3%. Foram citados ainda Waldir Caldas (Novo), com 0,9% e Aladir leite (PPL), 0,6%. Gilberto Lopes (Psol) e Sebastião Carlos (Rede) não pontuaram.

Leia também:  Max ajuda a fazer resgate social em Poconé, afirma primeira dama

Dentre os eleitores entrevistados 31,3% vão votar em branco ou nulo, os que não souberam ou preferiram não opinar são 76,4%. A soma de todas as intenções de voto totaliza 200% porque neste ano os eleitores podem escolher dois candidatos ao Senado. O levantamento foi feito na categoria estimulada, na qual o nome dos postulantes é apresentado ao entrevistado.

O levantamento foi feito com uma amostragem de 318 eleitores, com metodologia quantitativa e survey de opinião.  A margem de erro é de 3% e as pesquisas foram realizadas entre 15 a 17 de setembro. Os resultados das tabelas foram arredondados pelo programa para totalizarem 100%.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.