Imagem: Thiago Silva
Foto: assessoria

O candidato a deputado estadual Thiago Silva – MDB reafirmou mais uma vez que a Unemat precisa de mais atenção do Estado. Lembrou ainda que várias unidades do interior de Mato Grosso precisam de reestruturação e ampliação para atender os estudantes.

Para o candidato da cidade de a Universidade precisa cumprir o seu papel, que é de suprir as necessidades territoriais de Mato Grosso. “Uma instituição tão importante como essa precisa de mais atenção do Estado. É preciso realizar estudos, conhecer as regiões carentes de ensino superior e iniciar um processo de viabilidade nesses locais. Aí você conhece a demanda reprimida, os cursos necessários para o lugar e fortalece tanto o ensino, quanto a instituição”, explica.

Leia também:  Wellington diz estar preparado para ser governador

Thiago ainda lembrou que a grande Cuiabá, mesmo com oferta de instituições de ensino superior, ainda carece de atendimento educacional público.” Infelizmente, tem muito estudante de Cuiabá e região fora da faculdade. Universidade pública na capital só a UFMT. As outras dezenas são privadas. É aí que entra mais uma vez a Unemat. Mas para é preciso ter alguém que cobre e faça sua parte na Assembleia Legislativa”, frisa.

A preocupação com educação é uma marca do medebista. Desde 16 anos integra movimentos estudantis. Foi um dos idealizadores do movimento Unemat Já! e um dos responsáveis pela implantação do campus em Rondonópolis, no ano de 2016.

O rondonopolitano usou as redes sociais, recentemente, para declarar contrariedade a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que acabava com a obrigação do Estado em investir um percentual da Receita Corrente Líquida para manutenção da Unemat.

Leia também:  Bolsonaro tem candidatura à Presidência aprovada pelo TSE

Thiago Silva tem 36 anos. É casado e pais de dois filhos. O professor universitário, economista, líder estudantil, comunitário é vereador de Rondonópolis por dois mandatos. Na última eleição conseguiu quase 3.300 votos. A maior votação entre os 19 municípios que compõem a região sudeste de Mato Grosso.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.