Imagem: Wellington GW100
Foto: assessoria

Wellington Fagundes (PR), candidato ao governo de Mato Grosso pela coligação ‘A Força da União”, participou na noite de ontem de mais um debate entre os candidatos ao Palácio Paiaguás. Desta vez, o encontro foi promovido pela TV Mais Cuiabá, canal afiliado à TV Cultura. O republicano aproveitou o espaço para anunciar a criação de centros de apoio à agricultura familiar em cidades polo do Estado. Nesses locais, além de informações técnicas sobre cultivos, os produtores aprenderão técnicas de manipulação dos alimentos, para atender a economia local.

“Tem adversário anunciando a extinção da nossa Ceasa (Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso). Mas eu quero é reforçar. Estimular a Ceasa é fortalecer o pequeno produtor, é fixar o homem no campo com dignidade, é ampliar a oferta de emprego e renda e, mais ainda, passamos a ofertar produtos de qualidade, frescos e sem a figura do intermediário às famílias e às escolas, que terão opções diversificadas e mais econômicas para o cardápio dos estudantes”. Como frisou Wellington, a Ceasa pode ser também uma indutora de empregos, como o primeiro emprego. “Nos centros de apoio, o pequeno agricultor terá informações sobre o que plantar, quando plantar e que quantidade plantar”.

Leia também:  Agora Mato Grosso fará apuração ao vivo das Eleições 2018

Ao lado dos oponentes Pedro Taques (PSDB), Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (Psol), Wellington tratou de assuntos de grande importância de políticas públicas para a população mato-grossense, como infraestrutura, saúde, educação profissionalizante e assistência social. O candidato do DEM, Mauro Mendes se ausentou do debate.

Ao tratar do tema do pequeno produtor, Wellington homenageou Antônio Benedito da Conceição, mais conhecido como Antônio Mulato, falecido neste final de semana, aos 113 anos. Antônio Mulato era líder e símbolo da Comunidade Quilombola Mata Cavalo, localizada no município de Nossa Senhora do Livramento. “Por sua luta em vida, indiquei seu nome para receber a Comenda Abdias Nascimento. Ele foi um exemplo para todos nós”. A comenda é uma homenagem concedida pelo Senado Federal a personalidades que contribuíram de forma relevante para a promoção e proteção da cultura afro-brasileira.

Leia também:  Candidatos desrespeitam lei e derramam 'santinhos' nas ruas de Rondonópolis

A população idosa sempre recebeu atenção de Wellington Fagundes. Ainda como deputado federal, foi o precursor do Estatuto do Idoso. “Em meu primeiro mandato, propus a criação de uma política nacional do idoso, que mais tarde se transformou no Estatuto do Idoso, ainda em vigor. Com ele, garantimos que idosos com mais de 65 anos sem aposentadoria recebam um salário mínimo. Assim como famílias de baixa renda com filho que nasce com alguma necessidade especial. Os benefícios são pagos com recursos do Tesouro Nacional e não da Previdência Social, e hoje atendem a mais de 5 milhões de pessoas por todo Brasil”.

O republicano se comprometeu a manter sempre um canal de diálogo aberto com a sociedade, especialmente junto aos servidores públicos e aos prefeitos, reforçando seu perfil municipalista. “O novo modelo de desenvolvimento econômico que propomos para o Estado é agregador, preza pela geração de empregos e renda, mas tudo alicerçado na justiça social. Vamos fazer um governo olhando para o futuro, de maneira humanizada e com ações pensadas nas pessoas. Seremos um governo presente, que trata todos com respeito. Por isso faço questão de estar presente aos debates. Além de serem espaços propositivos, a presença mostra respeito ao eleitor e compromisso com a sociedade”.

Leia também:  Pesquisa mostra Thiago Silva entre os 8 para deputado estadual

Wellington lidera a maior frente de oposição ao atual governo de Mato Grosso, composta por dez partidos (PR, PMN, PROS, PC DO B, PODEMOS, PP, PT, PV, PRB e PTB). A coligação ‘A Força da União’ tem Wellington Fagundes e Sirlei Theis para o Governo, e como candidatos ao Senado Adilton Sachetti (PRB) e Maria Lúcia Cavalli Neder (PC do B).

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.