Imagem: Wellington Fethab
Foto: assessoria

O candidato ao Governo do Estado, Wellington Fagundes (PR), garantiu que, se eleito, criará uma conta específica para o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) e fará gestão compartilhada com os produtores rurais para a definição da aplicação dos recursos do fundo.

O compromisso foi assumido durante o “Diálogos Hidroviáveis”, evento promovido pela Aprosoja-MT, Movimento Pró-Logística de Mato Grosso e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), realizado nesta quinta-feira (20), no auditório da Federação das Indústrias (Fiemt). Durante 40 minutos, Wellington apresentou propostas e falou sobre o seu trabalho para a logística, nos modais hidroviário, ferroviário, rodoviário e aeroviário.

Wellington reafirmou que o Fethab deve ser aplicado conforme sua aplicação específica, que é a construção e manutenção das estradas estaduais. A construção de casas populares também pode ser viabilizada com recursos do fundo. Além disso, é preciso mais fiscalização em torno da aplicação dessa verba.

Leia também:  Cinco candidatos ao Governo se confrontam em debate nesta quinta-feira

A conexão entre os modais é fundamental para Mato Grosso em função do Estado estar no centro do Brasil e, consequentemente, longe dos portos. “Precisamos ampliar a ferrovia, saindo de Rondonópolis, chegando à Cuiabá, indo até o Nortão”. observou. O candidato falou também da Fico, ferrovia cujo traçado sai de Campinorte e chega à Água Boa, e depois ao Nortão. Outro projeto importante é a Ferrogrão, para ir até o Porto de Miritituba.

“Já a hidrovia Paraguai-Paraná tem total possibilidade de voltar a ser utilizada. Hoje, as embarcações se adaptam aos rios. Vamos concluir a ligação de Cáceres com Santo Antônio das Lendas e fomentar a atração de capital privado para o Porto e para viabilizar a ZPE de Cáceres, promovendo o desenvolvimento da faixa de fronteira”, comentou.

Leia também:  MDB é o Partido que mais elegeu senador em 2018

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.