O crime aconteceu em 2007 na região da Mata Grande em Rondonópolis e o julgamento foi realizado pela 2ª vez ontem (03). Vanderlete Ferreira dos Santos foi brutalmente assassinada e seu corpo abandonado em meio a um matagal.

Segundo consta nos autos, o feirante José Aparecido Batista Costa no dia 17 de maio de 2007 estava na região central quando pegou Vanderlete para fazer um programa. Eles passaram em um bar no Alto da Colina e depois seguiram na MT-130, até um local conhecido como Macaíba. Lá, José teria arrancado a vítima do carro e a levado cerca de 150 metros dentro do mato, onde não conseguindo a conjunção carnal, a matou e deixou no local.

Leia também:  Moradores ficam trancados em quarto durante roubo no Cidade de Deus

O corpo só foi encontrado quatro dias depois já em estado de decomposição.

Em 2015 ele foi julgado e condenado, mas o Tribunal de Justiça anulou o júri em razão da ausência de defesa técnica efetiva.

Ontem, foi novamente julgado e condenado a pena de 17 anos de reclusão com início imediato do cumprimento da pena. O julgamento durou 15 horas, iniciando-se às 9h e terminando somente a meia-noite.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.