Blindados doados pelos Estados Unidos são desembarcados no porto de Paranaguá (PR) - Foto/Divulgação
Blindados doados pelos Estados Unidos são desembarcados no porto de Paranaguá (PR) – Foto/Divulgação

As Forças Armadas receberam nesta semana doação de 96 blindados usados do exército dos Estados Unidos. Eles serão modernizados e usados na defesa nacional. Segundo o Ministério da Defesa, eles “reforçam o poder de fogo e do combate terrestre do Exército”.

Ao todo são 56 obuseiros auto-propulsados M109, versão A5, e 40 blindados “remuniciadores” M992, segundo o Exército. Os obuseiros não são tanques, mas sim um tipo de canhão de artilharia que consegue disparar projéteis balísticos a uma distância superior a 20 km. Eles se movimentam por meio de esteiras e não precisam ser rebocados por outros veículos.
Os “remuniciadores” são blindados que transportam as munições usadas pelos obuseiros no campo de batalha.

Leia também:  Misteriosamente cerca de 1 tonelada de droga desaparece de dentro da delegacia

O M109 é um dos tipos mais usados de obuseiro pelos exércitos ocidentais. Eles estão sendo aos poucos substituídos por versões mais modernas pelas potências. As unidades A5 estão sendo doadas ao Exército em caráter de cooperação militar.

O Brasil também costuma doar equipamento militar usado para nações vizinhas que possuem menos recursos.

Uma próxima leva de blindados doados pelos EUA deve chegar ao Brasil no início do ano que vem, segundo informações do site do Exército. Serão 32 obuseiros M109 A5 Plus.
Os blindados usados passarão por um processo de modernização e adequação aos padrões do Exército brasileiro. Eles receberão sistema eletrônico de pontaria e computador de tiro, navegação inercial, GPS, entre outras melhorias.

Leia também:  Em São Paulo, parte de prédio desaba após pegar fogo e bombeiro é atingido

Os blindados desembarcaram nesta semana no porto de Paranaguá (PR).

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.