- Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
Marcos Harter – Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

A famosa “bancada do microfone” encolheu e quase desapareceu em Mato Grosso. Os “famosinhos” do estado não conseguiram levar a audiência das redes sociais, do rádio e da tv para as urnas. Para deputado federal o único deste time que acabou eleito foi Juarez Costa (MDB), que fez carreira como apresentador de TV em Sinop, depois se elegeu vereador, deputado estadual, prefeito por dois mandatos e agora deputado federal.

Juarez teve 49.919 votos e foi o décimo mais votado do estado, mas acabou eleito pela legenda. Um dos que fracassaram nas urnas foi o ex-BBB Marcos Harter (PSC), que é morador de Sorriso. A fama na tv e nas redes sociais onde tem mais de um milhão de seguidores, não foram suficientes, no pleito teve 16.305 votos e ficou bem longe da Câmara dos Deputados. Heitor Santana, que é famoso na internet e um dos membros do MBL (movimento Brasil Livre) no estado não conseguiu repetir o feitos dos colegas de movimento dele em São Paulo, que acabaram eleitos. Heitor, que é do Novo fez apenas 4.101 votos.

Leia também:  Polícia prende mãe e filha que faziam de 'boca de fumo' negócio de família

Para deputado estadual um “famosinho” se elegeu. Ulysses Moraes do Democracia Cristã recebeu 18.721 votos ele é advogado e um dos membros do MBL (movimento Brasil Livre) em Mato Grosso. Ulysses mantem um canal no Youtube chamado “10 minutos de Democracia”.

Já o apresentador de TV, Toninho de Souza, morreu na praia. Apontado como um dos líderes na maioria das pesquisas de intenções de voto ele somou 17.133 votos e não conseguiu se eleger deputado estadual. Toninho apresenta o programa Cidade Alerta na TV Vila Real, afiliada a RecordTV em Cuiabá.  Gilson Baitaca, famoso na internet como líder em Mato Grosso do Movimento dos Caminhoneiros, recebeu apenas 2.906 votos. Edinho Paiva, que é dono de jornal em Alta Floresta recebeu apenas 2.730 votos.

Leia também:  Mais de 15 escolas participam do tradicional Desfile Cívico de 7 de setembro

O ex-apresentador de TV e agora radialista, Lino Rossi, que chegou a ser deputado federal somou apenas 1.242 votos. Ele disputou esta eleição pelo PV. Raposão da Carvalima é famoso na internet, ele posta vídeos das viagens que faz no estado, geralmente mostrando estradas em situação precária. Mas nas urnas teve apenas 188 votos.

A cantora Janaína Lima (PSol) marcou apenas 382 votos. O jornalista Marcos Lopes somou 94 votos.  O apresentador de TV Radamés Alvez somou 3.018 votos e também morreu na praia.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.