Imagem: Fernando Haddad
Fernando Haddad – Foto: reprodução

Parece que a luta para conquistar o cargo de presidente do Brasil chegou aos céus para o candidato de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Fernando Haddad (PT), que em seu último programa do horário eleitoral gratuito resolveu pedir a benção de Deus.

Além disso a propaganda petista também atacou pela primeira vez Bolsonaro, líder nas pesquisas. Até ontem (03), os petistas não tinham citado o nome do capitão reformado nas propagandas da TV, que começaram no dia 31 de agosto.

O planejamento da equipe de Haddad era iniciar os ataques ao candidato do PSL no segundo turno. Bolsonaro, com 32% dos votos, e Haddad, 21%, lideram a pesquisa de intenções, segundo o Datafolha.

Leia também:  Laços cortados

O crescimento de Bolsonaro fez o PT mudar a estratégia e antecipar o ataque ao candidato do PSL, assim como também fez um aceno aos eleitores religiosos. O petista citou Deus pela primeira vez desde o início da propaganda eleitoral. Ele encerrou sua fala na propaganda que foi ao ar nesta quinta-feira com a frase “que Deus abençoe a todos”.

O recurso a Deus é uma tentativa de neutralizar a declaração de alguns dos principais líderes evangélicos do país de apoio a Jair Bolsonaro, líder nas pesquisas.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.