O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE), irmão de Ciro Gomes, fez duras críticas e discutiu com militantes do PT durante um evento de apoio a candidatura de Fernando Haddad (PT), na noite desta segunda-feira (15).

A discussão iniciou quando um dos militantes que em meio a plateia não gostou do que Cid falava de que era preciso pedir desculpas e reconhecer os erros cometidos, mesmo assim Cid manteve as críticas e bateu boca com o militante.

“Tem que pedir desculpas, tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita coisa errada, é por esse teu tipo que acha que fez tudo certo, que vão perder feio e é bem feito”, disparou Cid.

E ele ainda completou dizendo “vão perder feio, porque fizeram muita besteira, porque aparelharam as repartições públicas, acharam que era dono de um país, e o Brasil não aceita ter dono, o Brasil é um país democrático, foi esse tipo como você, quem criou o Bolsonaro, foram essas figuras que acham que são donos da verdade e que podem fazer tudo”, criticou e foi vaiado pela plateia.

Os militantes reagiram e começaram a gritar o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Cid os lembrou de que ele está preso. Lula o quê? Ele está preso, babaca. Lula vai fazer o quê? Babaca, babaca. Isso é o PT e o PT desse jeito merece perder”, declarou.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.