Imagem: Welligton em campanha
Foto: assessoria

Coordenador da campanha de Wellington Fagundes (PR) ao Governo do Estado, o ex-deputado Ricardo Corrêa afirmou nesta segunda-feira que a pesquisa do Instituto Vetor, disponibilizada pela empresa para divulgação, “já não representa o quadro eleitoral atual”. Para ele, é fácil aferir que Wellington já consolidou a segunda colocação e que a disputa ao Governo se dará em dois turnos.

O ex-deputado citou como exemplo o fato de a pesquisa ter sido feita entre os dias 21 e 24 de setembro, portanto, há mais de uma semana. “Geralmente, pesquisa se divulga dois, três dias depois do campo realizado. Esta aconteceu ao contrário. É um instituto sério, respeitado, mas que atrasou na divulgação. O quadro hoje é outro e sabemos disso” – disse o coordenador.

Leia também:  Enquanto Mauro proibiu direito, Taques concedeu progressão de carreira para 42,5 mil servidores

Ricardo Corrêa informou que nesta última semana devem ser divulgadas várias pesquisas de tendência de votos que deverão confirmar a percepção e os próprios números internos da campanha. Ele afirmou que o candidato a governador Wellington Fagundes está animado com as perspectivas sólidas de que o pleito será decidido em dois turnos, pela primeira vez em Mato Grosso. “Precisamos acrescentar tempo a este debate tão importante” – assinalou.

Corrêa lembrou que pesquisa realizada entre os dias 22 e 24 pelo instituto Mark foi divulgada no dia 25, por exemplo, e já apontava que Wellington assumia o segundo lugar, com 25,2% das intenções de votos na modalidade estimulada. O resultado indicou que, pela primeira vez, a eleição para governador será decidida em dois turnos em Mato Grosso.

Leia também:  Coronel Sandro aparece como um dos candidatos que mais cresce na Região Sul

Fagundes está no interior de Mato Grosso em campanha eleitoral. Nesta segunda-feira, passa o dia na região Sudeste, visitando municípios como Primavera do Leste, Dom Aquino e Rondonópolis. Também passará por Jaciara. A noite, de acordo com a agenda prevista, participa de Encontro Mulheres 22 em Ação, no auditório da CDL.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.