Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo App Divulga, mostram que em Mato Grosso estavam aptos para votar 2.330.024 pessoas distribuídas em 7.247 sessões, porém compareceram em votação somente 1.757.938 eleitores que correspondem a 75,45% e o número de pessoas que não votaram chegaram a 572.086 equivalentes a 24,55% dos cidadãos aptos para voto.

O número de abstenções no estado em 2018 foi maior do que a última eleição em 2014, quando 501.407 eleitores não votaram totalizando 22,91% de ausência nas urnas.

Já no município de Rondonópolis foi contabilizado 476 sessões disponíveis e 150.896 eleitores capacitados para votação, porém compareceram nas urnas 76,54% das pessoas totalizando 115.498 e os faltosos chegaram a 35.398 que corresponde 23,46% de abstenção.

Leia também:  Pai é preso suspeito a agressão e estupro de filhas de 10 e 12 anos

As pessoas que não foram votar, têm até o dia 6 de dezembro de 2018 para justificar a abstenção em qualquer cartório eleitoral. A justificativa deve ser entregue em um formulário fornecido gratuitamente aos eleitores nos cartórios eleitorais e na página da Justiça Eleitoral.

O eleitor que não justificar e não quitar a dívida mediante o pagamento da multa fica impedido de se inscrever em provas para cargo ou função pública, de receber remunerações de funções públicas, bem como de instituições mantidas pelo governo.

A pessoa também não pode obter empréstimos, nem passaporte ou carteira de identidade. E fica impedido de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, entre outros.

Leia também:  Mais de 2 mil casos de sarampo já foram confirmados no Brasil

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.