Imagem: Thanos presidenteAntes de tudo, quero deixar bem claro que a intenção deste artigo não é defender candidato A ou B, mesmo que eu tenha minha opinião definida nessa questão, prefiro guardá-la para mim.

Hoje, como bom nerd que sou, procurei, nos heróis da Marvel e da DC, uma solução para a imensa discussão que acontece neste momento em nosso país.

Pensei em vários personagens e se algum deles como presidente poderia nos proporcionar a confiança e o orgulho de que tanto nos sentimos carentes. Mas por incrível que pareça, a analogia mais interessante que eu encontrei para esse assunto, foi através do vilão Thanos, o titã louco.

Bom, se você não faz parte das mais de 1 bilhão de pessoas que foram ao cinema assistir ao filme Vingadores  – Guerra Infinita, o personagem a que me refiro é um vilão que acredita que o maior problema do universo é a superpopulação, que a humanidade está esgotando os recursos naturais e acabando com o meio em que vivemos. Então a solução na visão de Thanos, seria eliminar pelo menos metade dos habitantes do universo.

Leia também:  TSE rejeita candidatura de Lula nas eleições

Então, para alcançar seu objetivo, ele foi em busca das 6 jóias do infinito, artefatos que detém um enorme poder, e que quando reunidas na manopla do infinito, concedem ao seu portador, poderes equivalentes ao de um Deus, podendo acabar com toda a vida na galáxia com apenas um “estalar de dedos”.

Tudo bem, agora você me pergunta: O que isso tem a ver com o cenário político em que estamos inseridos hoje?

Na  minha opinião, temos muita lição para tirar dessa história que nos foi apresentada tanto no filme da Marvel quanto nos quadrinhos na trilogia do infinito (Desafio Infinito, Guerra Infinita e Cruzada Infinita).

Primeiro: Se tratando dos nossos candidatos a presidência, as pessoas focam toda sua atenção, concentram toda sua revolta em torno de uma pessoa, como se essa pessoa tivesse poder para fazer milagres, resolver todos os nossos problemas, ou até mesmo acabar com o País.

Podemos colocar nesse caso, o presidente como o vilão Thanos, que tem suas crenças e sua “solução” para os nossos problemas. É claro que muitos discordam de sua forma de agir, mas concordam com sua motivação, (um parêntese aqui para salientar o trabalho fantástico que a Marvel fez com esse personagem, pois nós entendemos o seu ponto de vista, mas não concordamos com sua forma de agir. Esse dilema moral provocado no público o transformou em um dos maiores vilões de todos os tempos)

Leia também:  Por denúncia anônima, indivíduo é preso por tráfico de droga na Cidade Alta

Mas voltando ao assunto, o que seria de Thanos, ou do nosso presidente sem as suas “jóias do infinito”? Será que apenas uma pessoa tem o poder de salvar o país ou virá-lo de cabeça para baixo? Sem as jóias do infinito, Thanos seria apenas um idealista, um sonhador ou um titã louco, como é chamado. Da mesma forma que nosso presidente, tem poderes, porém limitados, afinal vivemos em um País democrático onde as decisões mais importantes passam por votações em diversas instâncias até que sejam colocadas em vigor.

Por isso eu trago essa reflexão: tão importante quanto nos preocuparmos com quem está no poder, é saber quem está a sua volta, quem o apoiará e o aconselhará em suas decisões, quais são os seus projetos, suas propostas.

Leia também:  Genro surta e atira em sogro na região de São Lourenço

O Brasil é um país gigantesco geograficamente, com enormes diferenças culturais, sociais e econômicas de um extremo ao outro, por isso, é impossível uma única pessoa ter poder e habilidade suficiente para gerir sozinho toda a nação, ela precisa de muito mais, precisa de um time.

Então antes de disseminar fotos, notícias e vídeos, vamos primeiro entender as reais motivações dos candidatos, sua índole e conhecer sua equipe. Só assim, teremos a certeza de que estamos usando nosso poder do voto da forma correta, poderemos fiscalizar, cobrar e protestar caso seja preciso, mas antes disso, precisamos ter a certeza de que estamos usando sabiamente esse direito que nos foi concedido.

E se mesmo assim não conseguirmos, se nos sentirmos ameaçados e impotentes frente ao poder do Estado sobre nós, deixo a opção: Thanos Presidente!

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.