Imagem: estupro abuso
Imagem ilustrativa

Jânio Carvalho Rodrigues, 42 anos, foi preso nesta quarta-feira (10) pela Polícia Civil, suspeito de estupro de vulnerável contra a enteada, de 11 anos, enquanto a mãe da criança estava trabalhando. O caso aconteceu em Aripuanã, noroeste do estado.

De acordo com a Polícia, o crime ocorreu no dia 3 de outubro, depois da menina ter retornado da escola e se preparava para tomar banho, quando percebeu que o padrasto tinha trancado todas as portas da casa e foi até a vítima em posse de uma faca.

Ameaçando a vítima deixou que suspeito a levasse até um dos quartos e lá cometeu os abusos. Um dia depois, após a mãe ter saído para trabalhar, o suspeito pratico novos abusos contra a vítima.

Leia também:  Aprenda a fazer pavetone

Mesmo assustada, a vítima conseguiu contar tudo o que aconteceu para sua mãe. A mulher procurou a delegacia e denunciou os abusos realizados por seu companheiro. A menina foi submetida a exame de corpo de delito e ficou constatado ferimentos nas partes íntimas.

Diante dos fatos, o padrasto teve a prisão decretada pela Polícia e foi encaminhado à Cadeia Pública de Aripuanã. Segundo a Polícia, em nenhum momento ele confessou, ou, negou o crime.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.