O ex-prefeito de Sorriso, Dilceu Rossato (PSL), gravou um vídeo de repúdio ao candidato a reeleição a deputado federal Victorio Galli (PSL) depois de saber que ele estaria pedindo voto para o candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB).

De acordo com Rossato é inadmissível que Galli faça isso já que o PSL tem candidato ao Senado que é a juiza aposentada Selma Arruda. “O PSL tinha candidatos fortes para a disputa deste ano, mas depois que Galli entrou no Partido fomos levados a apoiar o Pedro Taques mesmo contra a decisão da maioria e agora vê-lo apoiando Nilson Leitão não consegui me conter. Mesmo com a possibilidade de ser expulso do Partido eu digo por esse vídeo, vote em pessoas descente e corretas”, disse em um dos trechos.

Leia também:  Na visão de Selma, “O funcionalismo público em geral é muito numeroso e muito ineficiente”

Rossato ainda fez uma grave acusação contra Galli afirmando que ele pediu R$ 2 milhões para apoiar a sua pré-candidatura ao Governo de Mato Grosso. “Esse homem não merece nenhum crédito de nós. Vamos de Bolsonaro, vamos de Selma Arruda, vamos com pessoas que merecem o nosso respeito”, finalizou.

 

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.