Santinhos espalhados em rua de Várzea Grande- Foto: Pedro Couto – AGORA MATO GROSSO

O Tribunal Regional Eleitoral classificou como “tranquila” a manhã de votação em Mato Grosso. Confirmando que até o momento 16 pessoas foram detidas por crimes eleitorais no estado.

“São oito por desobediência, sete por boca de urna, sendo que um candidato foi levado para a delegacia para prestar esclarecimentos e um índio que foi detido com os títulos de eleitor da aldeia dele, queria votar por todos eles, destacou Lídio Modesto, juiz auxiliar da presidência do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso.

Em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, quatro pessoas foram presas por derramamento de santinhos próximos a pontos de votação.

Três das prisões ocorreram de madrugada e uma pela manhã. Todos foram conduzidos para a delegacia e responderão por crime eleitoral, além do pagamento de multa.

Leia também:  Cinco candidatos ao Governo se confrontam em debate nesta quinta-feira

O tempo médio de votação em Mato Grosso até o momento é de cinco minutos por eleitor. O Tribunal Regional Eleitoral não divulgou o nome do candidato detido por boca de urna.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.