Rivaldo (de branco) morreu após ser atropelado na GO 469, em Abadia de Goiás - Foto: TV Anhanguera/Reprodução
Rivaldo (de branco) morreu após ser atropelado na GO 469, em Abadia de Goiás – Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Um ciclista morreu após ser atropelado enquanto pedalava com amigos no acostamento da GO-469, em Abadia de Goiás, Região Metropolitana de Goiânia. Rivaldo Gomes Morais tinha 53 anos e era bispo de uma igreja evangélica da capital. Outros dois colegas ficaram feridos. Segundo a TV Anhanguera, o condutor, de 28 anos, fugiu do local, mas foi localizado e fez o teste do bafômetro, que constatou que ele estava embriagado. Ele foi preso.

O atropelamento ocorreu na noite de terça-feira (27). Amigos informaram que Rivaldo costumava fazer o trajeto até Trindade, também na Região Metropolitana, semanalmente. Pouco antes de começar a pedalar, ele postou uma foto nas redes sociais com colegas.

No momento em que foi atingido, ele estava acompanhado de um grupo de aproximadamente 40 ciclistas. Além de Rivaldo, outros dois colegas se feriram, sendo que um deles quebrou o braço.

Os outros ciclistas disseram à TV Anhanguera que o carro veio no sentido contrário e tentou fazer uma ultrapassagem em local proibido no momento em que atingiu a vítima.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.