Imagem: moto droga
Motoboy entregando a droga – Foto: reprodução

Até os traficantes resolveram facilitar as vendas e comercializar por aplicativos e entregas delivery.

Um esquema de tráfico de drogas vendidas por aplicativo de mensagens de celular, onde as entregas eram feitas por motoboys é  investigada pela Polícia Civil (PC) nesta quarta-feira (28) na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Segundo a Polícia, o chefe da quadrilha já está preso e comandava o esquema de dentro da Cadeia Pública de Porto Alegre.

Policiais infiltrados se passaram por compradores e flagraram a ação dos traficantes. De moto, eles entregavam as drogas em caixas térmicas identificadas com nomes de empresas. Tudo fachada para disfarçar o crime praticado pelos motoboys. Usuários chamavam a telentrega de casa, e até mesmo em universidades e shoppings de Porto Alegre.

Os clientes eram cadastrados em um aplicativo de troca de mensagens. Os investigadores dizem que cada motoqueiro fazia até 200 entregas por dia.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.