Imagem: Sefaz
Pedro Couto / AGORA MATO GROSSO

Policiais da Delegacia Fazendária cumprem neste momento um mandado de busca e apreensão na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social de Cuiabá – MT.

Os policiais estão atrás de contratos fechados entre a administração municipal e uma empresa que atende crianças carentes com aulas de artes marciais. A prestação de contas da empresa tem indícios de superfaturamento de acordo com a delegada Ana Martins, que está acompanhando o cumprimento do mandado na Secretaria.

Os desvios teriam se aproximado de R$ 500 mil entre os anos de 2014 e 2017 nas gestões de Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro.

Outros quatro mandados de busca e apreensão são cumpridos em residências de pessoas ligadas a empresa.

O secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho, falou com a imprensa assim que recebeu a informação de que policiais cumpriam mandados na sede da Secretaria comandada por ele.

“Estamos tranquilos. Se tem alguém lesando os cofres públicos, a justiça precisa agir”.Toda denuncia ter que ser investigada. Comprovado isso, a Prefeitura tem sido vítima e vai buscar os seus direitos”, enfatizou o secretário.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.