- Foto: agência senado
Senadores de Mato Grosso – Foto: Agência Senado

A aprovação ocorrida ontem (07), no Senado Federal, do reajuste salarial de 16,38% dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do titular da Procuradoria-Geral da República (PGR), tem revoltado grande parte da população que tem usado as redes sociais para se manifestar. Com o aumento, a remuneração dos magistrados passa de R$33,7 mil para R$ 39,2 mil.

Ao todo foram 41 votos favoráveis, 16 contrários e uma abstenção. Entre os votos favoráveis estão os dos três senadores de Mato Grosso, Cidinho Santos (PR), José Medeiros (PODE) e Wellington Fagundes (PR).

Com a aprovação, um abaixo-assinado online foi criado para pressionar as autoridades. Com um dia de criação, a petição já chegou a 1,3 milhão de assinaturas.

Leia também:  Mais de 60 mulheres foram assassinadas vítimas de feminicídio este ano em MT

O Projeto segue agora para a sanção do Presidente Michel Temer.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.