31 de julho de 2021
Mais
    Capa Variedades Música e Cultura Ayrton Montarroyos comenta músicas de disco em que homenageia Elis Regina
    MUSICA

    Ayrton Montarroyos comenta músicas de disco em que homenageia Elis Regina

    Thiago Marques Luiz orquestrou a produção do show e deste disco em que Ayrton

    Imagem: Montarroyos
    Ayrton montarroyos – Foto: Reprodução

    Com capa hermética que expõe trecho da Teogonia, obra mitológica do poeta grego Hesíodo, o segundo álbum de Ayrton Montarroyos, Um mergulho no nada, chega ao mercado fonográfico a partir de 1º de fevereiro de 2019. Antes, em 18 de janeiro, sai o single com o registro de Pé na estrada (Ylana Queiroga e Yuri Queiroga, 2017).

    Já pronta, a edição em CD do álbum Um mergulho no nada traz dois encartes, um somente com fotos e outro com textos e com as letras das 10 músicas interpretadas pelo cantor pernambucano somente com o toque do violão de Edmilson Capelupi.

    Com o título Um mergulho no nada extraído de verso da música Sem pressa de chegar (Capiba e Délcio Carvalho, 2000), o álbum foi gravado ao vivo em ensaio e na apresentação propriamente dita de show feito em abril deste ano de 2018 no Teatro Itália, na cidade de São Paulo (SP), por Ayrton – cantor projetado nacionalmente há dois anos ao participar do programa The Voice Brasil (TV Globo), do qual foi vice-campeão na temporada de 2015.

    Thiago Marques Luiz orquestrou a produção do show e deste disco em que Ayrton dá a voz extremamente afinada e inteligente a músicas como Açaí, canção de Djavan que, após ter sido lançada por Gal Costa em 1981 (em gravação feita com o grupo Roupa Nova) e logo regravada pelo compositor em 1982, nunca mais ganhou registro fonográfico expressivo.

    Também incluída no repertório, a canção Brigas nunca mais (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1959) é homenagem do cantor a Elis Regina (1945 – 1982).