O preço da cesta básica registrou o maior valor nos últimos dois anos, sendo cotada a R$ 438,22 no mês de novembro na capital Cuiabá (a aproximadamente 220 Km de Rondonópolis). As informações são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Além disso, com a chegada das festas de final de ano e o pagamento do 13° salário, a tendência histórica é que o preço da carne bovina, produto com maior peso na cesta básica, traga um aumento ainda maior no valor dela em Cuiabá.

O Imea levanta semanalmente os preços do varejo, o que permite o acompanhamento mensal do comércio varejista de Cuiabá. No comparativo com o mês anterior, a cesta revelou um avanço de 2,7%, afetado principalmente pelo aumento dos preços do tomate (22,0%) e batata (16,5%), sendo estes o 2° e o 3° produtos com maiores pesos na cesta básica perante os demais produtos, respectivamente.

Os economistas do Instituto explicam que estes aumentos vêm ocorrendo nos últimos meses em virtude da baixa oferta desses produtos com o fim da safra de inverno
em algumas regiões do Brasil, além da influência das condições climáticas na safra de verão.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.