Imagem: IMG 1100
O descarte irregular de lixo aumentou depois no bairro Dom Osório II | Foto: Guilherme Silveira – AGORA MATO GROSSO

Moradores da rua 1 do bairro Dom Osório II, estão assustados com o tanto de lixo descartado no local. A situação ficou pior no último mês, depois da prefeitura ter anunciado que seria instalado um eco ponto no bairro.

Na ocasião, os moradores não ficaram contentes ao receberem a notícia da decisão de que um Ecoponto deviria ficar no bairro em cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre Prefeitura de Rondonópolis e o Ministério Público do Estado (MPE). (Veja aqui)

Imagem: IMG 1103
Até resto de obras da construção civil é encontrado no local | Foto: Guilherme Silveira – AGORA MATO GROSSO

Os moradores voltaram a reclamar dizendo que o local piorou e que as pessoas estão jogando mais entulho, o cheiro é insuportável e pode trazer até risco de doenças para os moradores idosos e crianças.

Leia também:  Pai que passava finais de semana com a filha é preso por abusar da menina

“O aumento de entulho foi tanto que nem veículo mais passa na rua, está trancada com um monte de terra e lixo! ”, desabafou um dos moradores.

Imagem: IMG 1101
Os moradores já não sabem o que fazer | Foto: Guilherme Silveira – AGORA MATO GROSSO

É crime ambiental

Jogar lixo em terrenos ou locais próximos a residências é crime ambiental, além de causar péssimo aspecto, mau cheiro e atrair vetores de doenças, jogar lixo em terrenos baldios, em margens de estradas e rodovias, ou mesmo em cursos d’água é crime ambiental estando sujeito à multa e/ou detenção uma contravenção penal prevista no artigo 54 da Lei 9.605/98 que aplica pena de reclusão de 1 a 4 anos e multa.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.