O produtor rural Eraí Maggi (PP) esta sendo apontado como o principal responsável pela não indicação do senador Magno Malta (PR-ES) para o staff do futuro presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Acontece que o presidente eleito não gostou do fato de Malta ter utilizado o jatinho de empresário durante a campanha, na tentativa de “aproximar o empresário Eraí Maggi da campanha do PSL” diz trecho da reportagem divulgada nesta sexta-feira (7) pelo jornal Estado de S. Paulo.

Ainda de acordo com a reportagem, a disponibilidade do jatinho seria para aproximar os ruralistas Mato-grossenses da campanha de Jair Bolsonaro.

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.