Imagem: alu2
Foto – Reprodução/Facebook

A Escola Estadual Pindorama, no bairro Santa Cruz em Rondonópolis (MT), participa de um projeto com o intuito de formar cidadãos que respeitem as diferenças e que saibam conviver em sociedade. Nesta semana, eles fizeram um dia “D” para apresentação dos valores aprendidos no projeto para a comunidade escolar.

Imagem: 3
Foto- Reprodução/Facebook

O “Dia ‘D’ Diversidade Respeito às Diferenças” é integrante da disciplina chamada “Projeto de Vida”, voltada para formação humana dos alunos e que tem como professora Niela Natalia Andrade Vilela. A temática da diversidade foi trabalhada primeiramente com palestras, rodas de conversas e debates em sala de aula.

 

A partir dessa discussão em sala de aula, a professora Niela conta que foi pensado em propagar o assunto para todos, com o propósito de ampliar a conscientização acerca do respeito às diferenças, incluindo negros, mulheres, índios, pessoas com deficiência e público LGBT.

Segundo a professora Niela, o Dia “D” também é reflexo dos quatro pilares da educação que tem no currículo da escola integral, no caso aprender ser, conhecer, fazer e conviver, para que se possa ter uma sociedade mais justa e solidária. Nessa ocasião, alguns alunos foram escolhidos para fazer apresentações para transmitir a temática, através de cartazes, música, teatro, poema e depoimentos.

Vale informar que a disciplina “Projeto de Vida” também conta com a atuação do professor Vinícius Araújo. Viver o multiculturalismo e respeitar cada um como sendo único, é algo difícil, complicado, porém, ao mesmo tempo é instigante, pois respeitar a diversidade cultural talvez seja um dos grandes desafios atuais da humanidade.

Imagem: alunos 10
Foto – Reprodução Facebook

O presente projeto foi pensado com o intuito de incentivar e promover ações e reflexões dentro da escola que valorizem a diversidade e o respeito às diferenças abrangendo todos os envolvidos no processo educacional.

O objetivo é reconhecer e valorizar a diversidade humana, partindo de um processo de conhecimento e respeito de nossas identidades culturais, com o intuito de resgatar e fomentar atitudes individuais e coletivas contra o preconceito e a favor do respeito às diferenças.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.