Quem tem cachorro em casa sabe que os barulhos dos fogos de artifício são um grande problema. Quando épocas comemorativas se aproximam, como o Ano Novo, os donos já ficam apreensivos e preocupados com o animal.

Veterinário Cesar Augusto Folly - Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO
Veterinário Cesar Augusto Folly – Foto: Varlei Cordova / AGORA MATO GROSSO

O Veterinário Cesar Augusto Folly relata que a audição dos cães e gatos são muito sensíveis e relata que no momento da queima de fogos, é bem provável que o cão tentará se esconder.

Então, para evitar que ele fique correndo sem rumo pela casa e acabe num local perigoso, se antecipe e prepare um esconderijo. Escolha um cantinho protegido, sem nada por perto que possa machucá-lo. Coloque água e comida e, se for preciso, feche a porta para mantê-lo seguro, pois a agitação por causa do barulho muitas vezes se resulta em fugas.

Leia também:  Irmãs viajam para Santa Catarina para fazerem parte de time feminino de Futsal
Cão se escondendo de fogos de artifício - Foto/Reprodução
Cão se escondendo de fogos de artifício – Foto/Reprodução

Caso seu pet seja muito apavorado e tenha medo exagerado de fogos, convém fazer uma visita ao veterinário. Explique a situação e possivelmente ele indicará medicamentos tranquilizantes. Lembre-se de nunca usar remédios sem a prescrição de um profissional.

Seguindo essas dicas, seu Ano Novo e qualquer outra data comemorativa será bem mais tranquila, tanto para você quanto para seu animal de estimação.

 

 

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.